O PLANETA EXISTE SEM A HUMANIDADE, MAS A RECÍPROCA NÃO É VERDADEIRA. CABE ÀQUELES QUE TÊM CONSCIÊNCIA, ILUMINAR O CAMINHO – SEM SOLIDARIEDADE NÃO HÁ SOCIEDADE. UNIDOS SOMOS MAIS FORTES. CIDADE SUSTENTÁVEL JÁ!


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Mapa do tempo

Todo ser humano possui percepção de forma, cor e aroma direcionando o seu espaço desde a criação do mundo – nas cavernas pelo conceito de habitat – até os dias de hoje percorrendo os diversos caminhos das civilizações, os quais sofrem influências econômicas, políticas, sociais e religiosas. 
A economia determina o que pode ser adquirido e como, mas também quem adquire – aquisição movimenta uma sociedade em qualquer sistema de governo e a ascenção da construção civil. A organização política determina o perfil dos gestores públicos e privados (vinculados às parcerias nos empreendimentos públicos) da ocasião desenhando um mapa de gostos e disponibilidades no planejamento através dos programas de desenvolvimento. O conceito social é fundamental porque não só esclarece o perfil atuante como projeta o ideal direcionando na concepção modular (normalmente a cada cinco anos evolutivos da sociedade) observando as diversas funções das obras. A religião passeia pela forma e representa uma inspiração histórica haja vista o design dos templos seja no monumentalismo seja na arte dos afrescos imemoriais – uma linguagem perpetuada.
O mapa do tempo da arquiteturamm holística - arqmonicamendes direciona a percepção sutil sobre cada usuário para marcar a identidade pessoal no espaço de convivência e configurar um legado, tal que os inúmeros percursos desenhem formas, cores, fluxos e acessórios na impulsão sempre da próxima fase de evolução - sendo um projeto flexível e adaptável. Captar a vibração das cores da aura do usuário e da energia do solo tanto quanto da edificação requer compromisso com a existência seja junto ao planeta seja junto à humanidade. Enfim, uma arquitetura sustentável e contemporânea. O mapa da arquiteturamm holística - arqmonicamendes está diretamente ligado às normas de conduta do planejamento no “O espírito do projeto” exposto neste blog.